A CERVEJA NA HISTÓRIA

Agricultura e sedentarismo começaram com a cerveja!?

Josef H. Reichholf, biólogo alemão, defende essa tese no livro Warum die Menschen sesshaft wurden (Por que os homens se tornaram sedentários?). Saiba mais links abaixo:
 
Resenha de S. Fischer Verlag (Instituto Goethe)
 
Artigo do site português Público PT
 
Entrevista com o autor na revista BeerLife
 
 

Bebendo gato por lebre!

É um célebre artigo do Físico da UNICAMP Rogério Cezar de Cerqueira Leite questionando a má qualidade da cerveja brasileira. Aborda, entre outras coisas, os prejuízos da concentração de capital no ramo e a presença de milho na bebida. 
 
A indústria cervejeria respondeu com o artigo do químico Silvio Luiz Reichert, da Anheuser-Busch Imbev (dona da AMBEV)
 
Finalmente, a tréplica demolidora do Físico Rogério Cezar de Cerqueira Leite, que até hoje a AMBEV não respondeu...
 
 

A Revolta da Cerveja na Bavária

Artigo de Engels de 1844 dá uma noção do quanto a cerveja era essencial na vida dos trabalhadores
 
 

Desmistificando a “Lei de Pureza”

"[...] em 23 de Abril de 1516, quando Guilherme IV, Duque da Baviera, editou a “Lei de Pureza” - Reinheitsgebot – não havia nem sombra de Alemanha. Em termos de ingredientes a “Lei de Pureza” (o mais antigo código de alimentos do mundo...) estabelece que apenas cevada, lúpulo e água. A levedura? Isso “não existia” na época! [...]"

Lei da Pureza.pdf (498,7 kB)Lei da Pureza.pdf (510920)

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

CULTURA E EDUCAÇÃO CERVEJEIRA

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!